Connect with us

Hi, what are you looking for?

    Rondônia, domingo, 26 de maio de 2024.

Jurídicas

MPRO presta orientações jurídicas no Dia da Pessoa Idosa

Toda pessoa com 60 anos ou mais é considerada idosa e, pela Constituição Federal, possui direitos ampliados, além dos direitos de qualquer cidadão brasileiro. No último sábado (26/11), o Ministério Público de Rondônia participou do evento promovido pelo Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa (CEDPI/RO) no Espaço Alternativo, em Porto Velho, com diversas atividades e atendimentos voltados, em especial, a essa parcela da comunidade.
O Ministério Público tem o dever de proteger os idosos para garantir-lhes a dignidade, o bem-estar e o direito à vida, conforme prevê a Constituição. Dessa maneira, o MP atua na defesa do idoso, em âmbito coletivo, em casos individuais quando há situação de risco e, ainda, na defesa de idosos institucionalizados. O principal instrumento de que a Instituição se serve para atuar em favor dessa parcela da população é a Lei n. 10.741/2003, conhecida como Estatuto do Idoso.
Na oportunidade, a 9ª Promotoria de Justiça de Porto Velho atendeu aos idosos prestando orientações jurídicas sobre os direitos que lhe são assegurados, como:
• Receber atendimento preferencial em instituições públicas ou privadas;
• Ter preferência na formulação de políticas públicas;
• Prioridade nos trâmites de processos judiciais e administrativos;
• Benefício de prestação continuada para maiores de 65 anos que não conseguirem prover sua própria subsistência;
• Reserva de até 3% nos programas habitacionais públicos;
• Vagas reservadas em estacionamentos;
• Gratuidade no transporte público municipal;
• Reserva de duas vagas gratuitas por veículo para viagem a outro Estado. E caso o idoso não consiga a reserva de vaga gratuita, será garantido desconto de cinquenta por cento, ou seja, meia passagem.
A Promotora de Justiça Edna Capeli Oliveira destacou a importância da participação do MPRO no evento. “Atendemos e orientamos a população, indicamos os canais de atendimento e realização de denúncias. Desta forma, despertamos o cuidado do público geral para a garantia dos direitos da pessoa idosa”, ressalta.

16 dias de ativismo – Diante da grande participação do público ao longo do dia no evento, o MP de Rondônia também realizou a conscientização dos presentes para a campanha “16 dias de ativismo pelo fim da violência contra a mulher”, realizada até dia 10 de dezembro. A equipe realizou a distribuição do Violentômetro (gráfico indicativo com agressões elencadas de acordo com a gravidade) e marcadores de página que listam os tipos de violência praticados contra a mulher, que são pouco conhecidos além das agressões físicas.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais notícias