Conectado por
Rondônia, quarta, 21 de fevereiro de 2024.

Geral

Quarentena derruba números da violência em São Paulo, mas homicídios aumentam

Compartilhe:

Publicado por

em

Com a quarentena, indicadores de violência tem queda histórica no estado de São Paulo. No entanto, aumentou o número de homicídios. Em abril o número de roubos, furto, estupros e latrocinios registraram quedas no estado de São Paulo. O período coincide com o regime de quarentena que começou a ser implantada na última semana de março.

 

O número de furtos caiu mais da metade. Enquanto em abril do ano passado, foram quase 45 mil ocorrências, nesse ano não chegou a 21 mil. Os furtos de veículos caíram na mesma proporção. Hà um ano foram quase oito mil registros. Em abril, não chegou a quatro mil. O número é o menor em 20 anos, quando começou a série histórica.

 

Os roubos em geral caíram 30%, com pouco mais de 14 mil ocorrências. Em abril do ano passado, foram quase 21 mil casos. O número também é o menor da série histórica. Roubos de veículo a queda foi de mais de 45%. Passou de quatro mil para pouco mais de dois mil 200 casos e também é o menor da série histórica.

 

O número de estupros caiu 35%, passando de 1.018 para 661casos e pela primeira vez em um mês de abril, a capital paulista não teve registros de latrocínio, o roubo seguido de morte.

 

Mas os homicídios dolosos subiram de 255 para 263 ocorrências e a quantidade de vítimas deste crime de 262 para 271. Os números estão no balanço mensal feito pela secretaria de segurança pública do estado de são Paulo.

 

 

Fonte: Ag. Brasil