Conectado por
Rondônia, sábado, 24 de fevereiro de 2024.

Geral

Em 24 horas, Brasil tem 1.039 registros de morte por coronavírus, e chega a 24,5 mil óbitos

Compartilhe:

Publicado por

em

Pela terceira vez, o Brasil ultrapassou a marca de mil mortes pelo novo coronavírus em apenas um dia. Nesta terça-feira, o país registrou 1.039 mortos em 24 horas. No total, são 24.512 óbitos pela doença.

Foram 16 mil novos casos confirmados de Covid-19 no país, que agora tem mais de 391 mil contaminados. O Brasil é o 2ª país no mundo com o maior número de casos, atrás apenas dos Estados Unidos.

O secretário substituto de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Eduardo Macário, afirma que os números mostram que o Brasil ainda está na fase de crescimento da doença.

Dados do ministério indicam uma interiorização crescente do coronavírus no país. Já são 3.771 cidades com infectados, sendo a região Norte a mais afetada, com 83% dos municípios, seguido do Nordeste, 79%; Sudeste, 63%; Sul, 56%; e o Centro-Oeste, 50%.

De acordo com os dados apresentados, apenas 10% dos testes de laboratório para a Covid-19 adquiridos pelo governo federal, cerca de 460 mil, foram realizados. Os laboratórios privados realizaram quase a mesma quantidade, com 411 mil testes.

Sobre a vacinação contra a gripe, que não protege contra o coronavírus, mas evita outras doenças respiratórias, o Ministério da Saúde informou que 61% do público-alvo já foi vacinado, e foram distribuídas 74 milhões de doses. É preciso ainda vacinar cerca de 29 milhões de pessoas.

Entre os grupos prioritários da 2ª fase da campanha, os menos vacinados foram os caminhoneiros, 27%, e os motoristas e cobradores do transporte coletivo, 39%. Na terceira fase, os que menos se vacinaram foram pessoas com deficiência, 2%, e adultos de 55 a 59 anos,24%. Esses são os grupos que mais preocupam o Ministério da Saúde.

Fonte: Ag. Brasil