Conectado por
Rondônia, quarta, 28 de fevereiro de 2024.

Geral

Vigilância Sanitária de Manaus desativa 6 cabines de desinfecção

Compartilhe:

Publicado por

em

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) produziu uma nota técnica para alertar sobre o uso de estruturas como câmaras, cabines e túneis para a desinfecção e a prevenção da Covid-19.

 

Ao analisar estudos e artigos internacionais, a Anvisa não encontrou evidência científica, recomendações ou exemplos sobre a possível eficácia de desinfecção de pessoas com uso desses equipamento.

 

Outro problema identificado pela Agência é que ficar na cabine por 20, 30 segundos para o procedimento não inativaria o vírus dentro do corpo humano.

 

No Amazonas, após a divulgação da nota técnica da Anvisa, no dia 13 de maio, a Vigilância Sanitária de Manaus solicitou a desativação dos equipamentos. Seis cabines já foram desativadas, como detalha a Gerente de Vigilância de Serviços, Alessandra Fonseca.

 

Para Alessandra Fonseca, os equipamentos podem fazer com que as pessoas diminuam os cuidados de prevenção contra o novo coronavírus.

 

A Anvisa também alerta que os produtos químicos utilizados nas cabines são aplicados diretamente na pele e nas roupas, e podem causar danos à saúde. São eles hipoclorito de sódio, quaternários de amônio e ozônio.

Fonte: Ag. Brasil