Conectado por
Rondônia, sábado, 24 de fevereiro de 2024.

Nacional

Presidente da Caixa: nossos bancários são heróis na crise do coronavírus

Compartilhe:

Publicado por

em

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, enalteceu em vídeo os funcionários do banco que têm trabalhado de segunda-feira a sábado para atender os beneficiários do auxílio emergencial de 600 reais pago pelo governo federal aos trabalhadores informais que tiveram sua renda afetada pelo surto do novo coronavírus, causador da infecção respiratória covid-19. “Mais de 40 mil funcionários da Caixa estão todos os dias trabalhando nas agências. Temos a pandemia – que é seríssima – e eu soube que teve um funcionário que apanhou, eu não acredito nisso…”, afirmou o executivo em um vídeo direcionado a funcionários que tem circulado pelo WhatsApp. O governo federal estima que até 50 milhões de trabalhadores receberão o benefício.

Segundo Guimarães, alguns funcionários chegaram a atender 2.000 pessoas em um único dia. “Nós temos um orgulho muito grande do que estamos fazendo; todos temos família, pais, filhos, irmãos e parte muito grande nem vê mais os familiares. Em meio à calamidade que vivemos no Brasil, temos heróis da Caixa Econômica Federal e quero prestar aqui a minha homenagem a eles, porque é um trabalho no limite psicológico e no limite físico”, disse o presidente do banco no vídeo.

Durante a semana, o Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região reivindicou proteção para os clientes e os trabalhadores durante a pendemia. “Os bancários estão dando um verdadeiro exemplo de compromisso com a sociedade, mas é preciso respeitar a jornada dos empregados da Caixa. A
descentralização do auxílio emergencial deveria ter sido feita com auxílio dos municípios e também dos demais bancos, públicos e privados”, disse Ivone Silva, presidente da entidade, em comunicado à imprensa.

O sindicato tem pedido que o governo federal, responsável pelo benefício, amplie as campanhas de conscientização para diminuir as filas nas agências bancárias, equipamentos de proteção individual para os funcionários e agendamento prévio do atendimento. No vídeo dirigido aos funcionários, Guimarães disse que a Caixa já conseguiu acabar com as filas.

Fonte: Exame